ESCOLA PROFISSIONAL DE BRAGA

Estágios Internacionais

FORMAÇÃO EM CONTEXTO DE TRABALHO
Uma mais valia na Formação dos Jovens

A EPB potencia as aptidões profissionais e técnicas dos alunos, desenvolvendo um ensino que familiariza os formandos com a realidade tecnológica e prática do mundo empresarial. Fundamental nesta estratégia é a formação em contexto de trabalho.
Os alunos da EPB do 2º e 3º anos são colocados em empresas da região de Braga, vivendo marcantes experiências de integração no mundo laboral.

No contexto transnacional, constitui indubitavelmente uma das experiências mais apetecíveis para os formandos da Escola Profissional de Braga. A EPB tem vindo a proporcionar aos seus alunos intercâmbios e formação em contexto de trabalho em países como Espanha, França, Inglaterra, Irlanda, Alemanha, Holanda, Dinamarca e Finlândia, no âmbito de programas comunitários como Juventude para a Europa, Sócrates/Língua e Leonardo da Vinci.

A EPB reforça a aposta feita nos seus alunos, proporcionando-lhes há 17 anos a possibilidade de realizarem, durante um mês, a formação em contexto de trabalho em diversos países europeus, no âmbito do projeto Erasmus+.
Este ano letivo, 20 alunos dos 2º e 3º anos vão poder usufruir desta oportunidade, a distribuição do número de vagas para cada curso será feita sob proposta do respetivo coordenador de curso.
Os alunos serão distribuídos pelas 16 turmas em Espanha (Bilbao e Fuerteventura) e Itália (Lecce)


Inscrições

Os alunos interessados em integrar o projeto deverão inscrever-se através de formulário próprio, disponível em suporte digital (link em baixo):




A par da formação em contexto de trabalho, os alunos usufruem de um curso de línguas, este ano com a novidade de ser dinamizado através da plataforma Online Linguistic Support, que lhes permite, para além da realização do curso online, avaliar as suas competências linguísticas.

Durante a sua estadia, é-lhes oferecido um programa turístico-cultural que, para além de lhes permitir conhecer alguns locais de interesse, contribui para uma maior integração e para uma melhor imersão na cultura e língua do país de acolhimento.

Esta experiência noutro país, além de ajudar a desenvolver os conhecimentos das línguas, proporciona uma experiência bastante enriquecedora para a sua formação académica e pessoal, ajudando a melhorar não só as competências técnicas, mas também as competências sociais e pessoais, tão importantes para as empresas, nomeadamente a autonomia, a proatividade, o dinamismo, o sentido de responsabilidade e o relacionamento interpessoal. Assim, a aprendizagem em contexto de trabalho fora das fronteiras nacionais assume-se como uma aposta relevante para o desenvolvimento pessoal e profissional do aluno.