VIII Jornadas Administrativas da EPB

Emprego, emprego meu, há alguém mais competente do que eu?

É sob o mote da empregabilidade, quer seja através da integração no mercado de trabalho por conta de outrem ou da criação do próprio negócio, quer ainda através do prosseguimento de estudos, que, no próximo dia 22 de fevereiro, pelas 9h00, no auditório do Parque de Exposições de Braga, se reúnem mais de 300 alunos da Escola Profissional de Braga, para as VIII Jornadas Administrativas da Escola Profissional de Braga (EPB), organizadas por Inês Carvalho, finalista do Curso Técnico de Comércio. A entrada é livre.
Um tema sensível, que requer reflexão e ação, pois a transição para o mercado de trabalho constitui uma preocupação central da EPB que sensibiliza os alunos de que a tendência já não é “ter um emprego para toda a vida”, mas sim “tornar-se empregável para toda a vida”.
A sessão de abertura estará a cargo do Dr. António Leite, Delegado Regional do Norte do IEFP, em representação do Secretário de Estado do Emprego, Dr. Miguel Cabrita. Segue-se uma viagem ao mundo das startups com a Dra. Daniela Monteiro da Startup Braga, um hub de inovação destinado a apoiar a criação e o desenvolvimento de projetos com elevado potencial empreendedor nos mercados externos. De referir que Braga é uma cidade onde surgiram startups internacionais bem-sucedidas que sustentam a já badalada designação de “Silicon Valley português”, com mão-de-obra jovem, qualificada e com atitude, para a qual a EPB está a contribuir.
O mundo laboral já não valoriza quase única e exclusivamente as competências técnicas dos profissionais. O cenário mudou e procuram-se profissionais dotados de competências sociais e comportamentais, que facilitam a relação com os outros, melhoram o desempenho profissional e aumentam as perspetivas de carreira. Esta temática será amplamente abordada pela Dra. Carla Sepúlveda, consultora de formação, e pela MakeBraga CLDS 3G – Contrato Local de Desenvolvimento Social de Braga, que assenta numa estratégia concertada entre diferentes agentes educativos, sociais e económicos locais, para potenciar processos de empreendedorismo e inovação social.
Antigos alunos partilharão o palco do auditório, num fórum de discussão com empresários da região com uma forte ligação à EPB, e, paralelamente, no hall de entrada, irá decorrer uma Feira de Emprego e Ensino Superior, dinamizada por empresas de recrutamento e seleção e por instituições de ensino superior, interessadas em facultar soluções aos “futuros antigos alunos” da EPB.