notícias

Candidaturas 2022/2023 abertas

A Escola Profissional de Braga mantém a sua estratégia de apostar numa oferta formativa relevante e diversificada, capaz de potenciar o alinhamento entre as necessidades do tecido económico e social e o interesse vocacional dos candidatos que poderão integrar os cursos profissionais: jovens até aos 19 anos com o 9.º ano de escolaridade.

Na sua proposta de oferta formativa para o próximo ano letivo – a aguardar concertação da rede de cursos profissionais - integram-se os seguintes cursos: Auxiliar de Saúde, Comercial, Contabilidade, Design Gráfico, Eletrónica, Automação e Comando, Frio e Climatização, Gestão e Programação Sistemas Informáticos, Mecatrónica Automóvel e Secretariado.

Todos cursos, com a duração de três anos, concedem certificação escolar do 12.º ano de escolaridade e Qualificação Profissional de Nível IV, possibilitando a todos os alunos que os concluem a integração no mercado de trabalho e/ou a continuidade do seu percurso escolar, através do acesso ao Ensino Superior.

A frequência de um curso profissional possibilita o acesso a benefícios sociais, nomeadamente subsídio de alimentação, subsídio de transporte, bolsa de material escolar e bolsa de profissionalização, de acordo com os regulamentos em vigor.

As candidaturas estão a decorrer, podendo ser feitas online em www.epb.pt/cursos.html

Ensino à distância num ambiente inovador e apoiado em ferramentas digitais

As Escolas da Rumos Education oferecem um projeto pedagógico diferenciado aos alunos do século XXI, que vai ao encontro do novo perfil dos jovens deste milénio. Um perfil caracterizado pelo pensamento acelerado e ações diferentes, fruto de uma relação muito próxima com a tecnologia. O método pedagógico preconizado pelas Escolas Rumos Education – designado por Projeto Aluno_21 - permite aos jovens abraçarem o ensino como um desafio, uma mão cheia de oportunidades, que lhes permite a capacidade de aprender e de trabalhar de forma colaborativa, num ambiente estimulante e inovador, apoiado em ferramentas digitais. Possibilita-lhes ainda, experiências internacionais e o desenvolvimento de competências técnicas, sociais e emocionais, bem como do sentido de responsabilidade social e ambiental.