quem somos

EPB - escola profissional de Braga

A EPB nasceu a 29 de setembro de 1989 e está, desde a sua génese, profundamente marcada pelo imperativo da elevação da qualificação profissional como resposta às necessidades de desenvolvimento social e económico. Mais: como resposta à elevação da dignidade da pessoa de cada aluno, em fase de desenvolvimento, capaz de se tornar socialmente integrado e eticamente responsável.

A escola profissional de Braga tem sido reconhecida, ao longo da sua já longa existência, como uma instituição de referência na formação profissional e tecnológica, procurando dar respostas às necessidades sociais, culturais e económicas da região. É uma escola com um projeto específico, com uma prática de modernidade e servida por um corpo docente conhecedor do contexto sócioeconómico que se afirma no terreno da profissionalidade.

Com cerca de 600 alunos, a EPB é uma escola com uma cultura de proximidade, exigência e rigor, assente num forte dinamismo e ambiente familiar, em resultado do envolvimento de todos os colaboradores, docentes e não docentes, que conferem grande credibilidade e qualidade pedagógica e institucional.

Estatutos EPB (pdf)


História da escola

29 DE SETEMBRO DE 1989

Criação da EPB através de contrato-programa entre o GETAP – gabinete de educação tecnológica artística e profissional, em representação do estado (primeiro outorgante), e câmara municipal de Braga, associação industrial do Minho e associação comercial de Braga (segundo outorgante).

1989/90

Em instalações alugadas, funcionam 4 turmas nos cursos de serviços comerciais, secretariado, contabilidade, comunicação, marketing, relações públicas e publicidade.

1990/91

Funcionam 10 turmas. Abrem os cursos de eletrónica/comando e construção civil. Inicia o funcionamento de cursos pós-laborais no âmbito do PEDIP e, em anos posteriores, FORTECA e POEFDS.

1992/93 A 1994/95

Atinge e mantém em funcionamento 18 turmas. Inicia a dimensão transnacional: Participação no programa Língua e posteriormente nos programas Petra, juventude para a europa, Sócrates/língua, Leonardo da Vinci.

1995/96 A 1998/99

Tem em funcionamento entre 16 a 17 turmas. Abre o curso de gestão (1996/97).

1999/2000 A 2002/2003

Atinge 19 turmas. Abrem os cursos de multimédia e sistemas de informação (1999/2000), serviços jurídicos (2000/2001), comércio/marketing e GSI (2002/2003).

7 DE DEZEMBRO DE 2000

Inauguração de um novo edifício-sede, criado de raiz, resultante do cofinanciamento do PRODEP e avultado investimento da câmara municipal de Braga.

2003/2004 A 2006/2007

Mantém em funcionamento 18 turmas de cursos profissionais. Abrem os cursos de marketing e design gráfico (2005/2006). Revisão curricular dos cursos profissionais, com redução significativa de horas de formação. Publicação de novas portarias de criação de cursos profissionais.  6 turmas de CEF de diversas tipologias nos cursos de eletricista de instalações, fotografia, CAD/construção civil, apoio à gestão e multimédia.

29 DE SETEMBRO DE 2006

Certificado de gestão da qualidade, atribuída pelo grupo SGS Portugal.

2007/2008 A 2008/2009

Transita de 17 turmas para 20 de cursos profissionais. 3 turmas de CEF de diversas tipologias nos cursos de eletricista de instalações, CAD/construção civil, contabilidade e gestão. Criado o centro novas oportunidades. 2 turmas de EFA nos cursos de instalação e gestão de redes informáticas e assistente administrativo. Formações modulares certificadas.

2009/2010

Expectativas de alargamento da oferta formativa em número de turmas e em cursos com registo tecnológico e na área da saúde.